Flash básico 06: Ações disparadas por quadros e por botões

1. Ações disparadas por quadros

Nas aulas anteriores, vimos com fazer algumas animações, mas até agora você não é capaz de mudar o rumo da animação. Digamos que eu queira que a animação páre em determinado quadro (para que o usuário faça uma escolha ou aperte um botão). Ou quero que, uma animação volte ao quadro 20 quando chegar ao final. Para isto, é preciso usar ações.

Ações são ordens que damos à animação, que podem ser disparadas por duas objetos: um determinado quadro ou o click em um botão.

Lembre-se:

Ações que acontecem independetemente da vontade do usuário são disparadas por um quadro (devem, portanto, ser atribuidas a um quadro).

Ações que dependem do usuário devem ser atribuídas a um botão.

Veremos cinco ações aplicadas à quadros:

comando função sintaxe
play continuar a execução animação, depois de ela ter sido parada
b1.addEventListener(MouseEvent.CLICK, toca);
 
function toca (event:MouseEvent):void {
      play();
}

 

stop parar a execução da animação
b1.addEventListener(MouseEvent.CLICK, para);
 
function para (event:MouseEvent):void {
      stop();
}

 

gotoAndPlay desviar a animação para outro trecho e continuar executando a animação
b1.addEventListener(MouseEvent.CLICK, pula);
 
function pula (event:MouseEvent):void {
    gotoAndPlay(21);
}

 

 

 

gotoAndStop desviar a animação para outro trecho e parar
b1.addEventListener(MouseEvent.CLICK, pulaEpara);
 
function pulaEpara (event:MouseEvent):void {
    gotoAndStop(21);
}
getURL carregar uma página HTML no navegador
b1.addEventListener(MouseEvent.CLICK, uol);
 
function uol (event:MouseEvent):void {
    navigateToURL(new URLRequest(“http://www.uol.com.br/”));
}

 

Todas as ações são encontradas dentro da classificação Global functions / Timeline control, com a excessão da getURL, que fica em Global functions / Browser Network.

2. Botões

Quase sempre que se pensa em interação com o usuário, usa-se o recurso do botão. Um botão igual a uma símbolo gráfico, com duas diferenças: o botão tem “estados” (up, over e down), como mostra a imagem e o botão é programável, isto é, ele responde a um clic do usuário.

curso-basico-timeline-botoes

significando:

estado função
up quando em “repouso”
over quando o mouse está sobre o botão
down quando o mouse clica o botão
hit área de interatividade (geralmente igual ao estado up)

Por exemplo, no quadro “over” de um certo botão devemos desenhar a aparência do botão quando o mouse está sobre ele.

3. Ações disparadas por botões

As ações que podem ser programadas em um botão são muitas, mas veremos apenas cinco ações, as mesmas que podem ser aplicadas aos quadros.

  função sintaxe
play continuar a execução animação, depois de ela ter sido parada bt1.onRelease = function() {
play();
}
stop parar a execução da animação bt1.onRelease = function() {
stop();
}
gotoAndPlay desviar a animação para outro trecho e continuar executando a animação bt1.onRelease = function() {
gotoAndPlay(21);
}
gotoAndStop desviar a animação para outro trecho e parar bt1.onRelease = function() {
gotoAndStop(21);
}
geturl carregar uma página HTML no navegador bt1.onRelease = function() {getURL(“http://www.uol.com.br”);
}

Reparem que, diferentemente da plaicação de ações sobre quadros, nos botões temos que dizer em qual ação do usuário sobre o botão a ação deve ser disparada. Para simplificar, usaremos sempre a ação de clic sobre o botão, disparando a ação quando o mesmo é solto (release).

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial