Blog

TED talks: Clay Shirky diz como a mídia social pode fazer história

Em uma das palestras mais bacanas que já vi no TED, Clay Shirky mapeia as diferenças entre as mídias tradicionais e a web e, através de três histórias, dá pistas de como podemos usar a web para criar ambientes que dêem suporte a grupos de pessoas, para que suas mensagens cheguem onde devem chegar.

Para ver a legenda em português basta clicar em “view subtitles” e escolher “português”.

TED talk: Ray Kurzweil fala sobre a Singularity University

Um computador (ou seu poder computacional) ocupava um prédio inteiro no campus na década de 70 hoje ocupa o nosso bolso. É possível, de acordo com Kurzweil, imaginar que em breve teremos vários componentes eletrônicos instalados em nosso próprio corpo e que poderemos ter as nossas capacidades corporais melhoradas através destes dispositivos. Desta expectativa surge a necessidade de uma universidade para estudar o impacto destes fatos. É isto o que Kurzweil propõe.

Este tema também é tratado em seu livro The singularity is near: when humans transcend biology. Como o título insinua, Kurzweil afirma que a evolução biológica tende a transformar-se em evolução tecnológica na medida em que corpos começam a receber a contribuição de implantes eletrônicos e componentes feitos a partir da nanotecnologia.

TED talk: Clay Shirky fala como o superávit cognitivo mudará o mundo

Clay Shirky é autor do  livro Here Comes Everybody: The Power of Organizing Without Organizations que trata do tema de colaboração como modo criativo. Neste livro, que acabei de ler, ele faz comparações interessantes entre a “forma” criativa usada em organizações, que privilegia a hierarquia, e a livre e colaborativa. Ao lê-lo, lembrei de um artigo interessante sobre a construção de programas de computador, Cathedral and the Bazaar: Musings on Linux and Open Source by an Accidental Revolutionary que compara os métodos de gerenciamento de software tradicionais com o método open source. Os dois são uma ótima leitura para quem acha que a colaboração online é um dos assuntos mais interessantes dos nossos tempos digitais.

Mas dá pra usar HTML5 hoje?

Vários desenvolvedores se vêem às voltas com os diferentes níveis de suporte que os navegadores dão ao HTML5. O que fazer quando um recurso do HTML5 é oferecido pelo o Chrome mas não pelo Firefox? A cada nova versão dos navegadores mais tags são suportadas mas o mar de variáveis que envolve o lançamento de um site em HTML5 é tenebroso. Primeiro há que se pensar nos diferentes navegadores, depois em quais tags estes navegadores suportam, e depois nas diferentes versões dos navegadores. Projetar hoje para o Firefox 4 de amanhã não é uma boa idéia, já que uma massa de usuário pode demorar a fazer a atualização. Se pensarmos nos inúmeros usuários do IE, então ficamos desolados… O IE 9, que está inda em beta, irá dar suporte a cerca de metade das tags que o Chrome suporte hoje! E a menos tags que Firefox, Opera e safari suportam hoje… Aliás, do ponto de vista do suporte ao HTML5, Chrome e Safari estão na liderança. Veja a tabela de compatibilidade de navegadores e recursos do HTML5 e CSS3.

Enquanto os navegadores não entram em acordo, o “ideal” seria poder escrever diferentes versões de CSS para diferentes navegadores, para poder assegurar os recursos do HTML5 para os que podem suportá-lo e, ao mesmo tempo, renderizar uma página legível para os que não podem.

Bem, é isto que o Modernizr faz. Trata-se de uma bilbioteca javascript que pode direcionar uma regra CSS para um navegador e outra regra para outro, conforme estes oferecerem ou não suporte às tags em questão.

Desta forma, você pode construir seus novos projetos em HTML5 hoje! Na medida em que novas versões de navegadores forem saindo, supostamente novas do Modernizr também serão, garantindo a compatibilidade ao longo do projeto. E pode-se supor que, à medida em que os navegadores forem todos dando suporte ao HTML5 e CSS3, o Modernizr será cada vez menos necessário.

Sendo assim, HTML5 djá!

ps. em breve esperamos poder oferecer este blog em HTML5 com uma pequena ajuda do Modernizr também…

TED talk: Ray Kurzweil fala sobre como a tecnologia nos transformará

Inventor, empresário e visionário, Ray Kurzweil explica em grande detalhe porque, na década de 2020, teremos feito a engenharia reversa do cérebro humano e nanorobôs irão operar nossa consciência. Uma das palestras mais instigantes do TED, e que eu tive o prazer de traduzir para o nosso idioma.

Nesta palestra Ray fala sobre a tarefa de mapear o genoma humano e de como as previsões sobre a duração desta tarefa foram subestimadas, e explica porquê. Ele afirma que vários parâmetros tecnológicos se desenvolvem acompanhando uma curva exponencial, e não linear, como geralmente se assume. A partir desta constatação, ele faz previsões e traça cenários interessantes para outras áreas do conhecimento, principalmente na medicina. Em outra palestra, Ray teoriza sobre a singularidade, momento em que o poder computacional dos computadores suplantaria a de um ser humano.

Um dos livros de Ray Kurweil é a Era das máquinas espirituais (The Age of Spiritual Machines: When Computers Exceed Human Intelligence), um dos livros mais interessante que já li, obrigatório para quem quer entender o que a tecnologia fará em nosso futuro próximo.

WordPress e HTML5

Na medida em que as novas versões dos navegadores incorporam a interpretação de tags e regras do HTML5, designers começam a planejar seus sites usando este recurso e o WordPress e sua imensa plataforma de usuários parecem entender que já é hora de partir para o HTML5.

Já são vários os temas que são feitos em HTML5 e o debate sobre quando é o momento para lançamento de blogs feitos nesta versão é intenso. O H5 é um exemplo de tema usando tags HTML5 e que parece ser bem visualizado em qualquer navegador atualizado.

Veja você mesmo. Clique no link acima e veja o código pois a página de divulgação do tema está, ela também, em HTML5 …

TED talk: Kevin Kelly sobre o futuro da web

 

Esta palestra é do final de 2007 e mesmo assim é surpreendente. Kevin Kelly fala agora de como a internet cumpriu promessas que pareciam impossíveis, como a de montar uma enciclopédia colaborativa, ou a de interligar todos os seus amigos, imagens de satélite do mundo todo etc. E prossegue esboçando o que ele espera da internet do futuro próximo. As conclusões a que ele chega são impressionantes.
Palestra obrigatória para quem trabalha com web.

Abaixo alguns livros do palestrantes. Estou lendo agora o Out of Control: The New Biology of Machines, Social Systems, & the Economic World, que recomendo para quem está querendo entender tendências e ficar antenado com as mudanças que a web promove e continuará promovendo em nossas vidas.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial